Menu

26 de jul. de 2019

⚠️ Atenção, vítimas de relacionamentos abusivos! | Do Instagram | Cara do Espelho

frase do cara do espelho sobre relacionamentos abusivos, Diogo Souza jornalista e escritor

 No ano passado, realizei um projeto jornalístico literário sobre relacionamentos abusivos. Foi uma experiência muito rica que mexeu comigo e logo trarei novidades sobre isso.

Entrevistando vítimas que saíram de relacionamentos abusivos e depois especialistas nas áreas do direito e da psicologia, conheci o conceito de ciclo da violência e rede de proteção.

Ciclo de violência de um relacionamento abusivo ocorre em três fases: tensão, agressão, reconciliação. A medida em se fecha, o ciclo torna-se cada vez mais rápido e agressivo.

Nem toda pessoa presa neste ciclo tem ciência de que está numa relação abusiva devido à baixa autoestima e a maioria não fala ou denuncia por medo de represálias ou abandono. Muitas vezes o agressor é tido como uma pessoa de bem, acima de qualquer suspeitas.

Quando perguntei às minhas entrevistadas especialistas, uma juíza e uma psicóloga, sobre como é possível quebrar este ciclo da violência, suas respostas foram unanimes: a vítima precisa ter uma rede de proteção e acolhimento. Começa pela família, os amigos, vizinhos, etc., pessoas em quem ela pode confiar para se abrir, sem ser descredibilizada ou julgada, o que seria mais uma agressão.

Depois, a rede se estende ao Estado, num trabalho Intersetorial com pastas como saúde, segurança, educação e assistência.

O tema é complexo e um post aqui não é suficiente para explicar tudo. Mas e se a gente puder ser a rede de proteção e acolhimento das nossas amigas que podem estar passando por esse tormento agora mesmo? Esteja atento aos sinais, saiba ouvir sem julgar.

📲 Conheça alguns perfis sobre o assunto: @maselenuncamebateu@vaisozinhaa .
📞 A Central de Atendimento à Mulher 180 é um serviço gratuito e oferece atendimento para registros de denúncias, orientações para vítimas de violência e informações. O CVV – Centro de Valorização da Vida 188 realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias.

Procure ajuda! Ofereça ajuda! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Autor

autorEstudante de jornalismo, escritor preguiçoso, poeta fracassado, ligeiramente otimista, irritantemente risonho e comicamente irritado.
Leia mais →



Home Ads

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *